Jéssica Farias compõe quadro de docentes de capacitação da ESMAT sobre Recuperação Judicial - Expresso Business

No cenário de crescentes desafios econômicos, a advogada e administradora judicial Jéssica Farias, especialista em recuperação de empresas, trará informações relevantes da atuação do administrador judicial nos processos de insolvência em curso da Escola Superior da Magistratura Tocantinense, enriquecendo o diálogo sobre práticas e teorias essenciais para magistrados e assessores

Jéssica Farias, advogada especialista em recuperação de empresas e administradora judicial, será uma das docentes no curso “Teoria e Prática Processual na Recuperação Judicial”, ao lado dos ilustres Dr. Herisberto e Silva Furtado e Dr. Daniel Carnio Costa, promovido pela Escola Superior da Magistratura Tocantinense (ESMAT). O curso surge como uma iniciativa crucial para capacitar magistrados e assessores do Poder Judiciário de Tocantins, oferecendo uma perspectiva aprofundada sobre os desafios e procedimentos envolvidos nos processos de recuperação judicial.

As inscrições para o curso, que promete ser um marco na formação jurídica na região, estão abertas, com as aulas programadas para ocorrer entre 23 de fevereiro e 15 de março. O programa conta com uma carga horária de 32 horas, distribuídas em quatro módulos semanais, cada um abordando uma temática específica dentro do universo da recuperação judicial.

A escolha de Farias como uma das palestrantes reflete o compromisso da ESMAT em trazer profissionais altamente qualificados e com experiência prática no campo, garantindo uma formação abrangente e atualizada para os participantes. A administradora judicial trará para o curso sua vasta experiência em recuperação judicial, abordando não apenas os aspectos legais, mas também as estratégias e desafios práticos enfrentados por empresas em crise financeira.

Este curso é particularmente relevante no contexto brasileiro atual, onde o número de processos de recuperação judicial tem crescido significativamente. A capacitação de magistrados e assessores nessa área é essencial para assegurar uma gestão eficaz desses processos, contribuindo para a sustentabilidade das empresas envolvidas e, por extensão, para a estabilidade econômica do país.

O curso oferece 50 vagas, destinadas a magistrados e assessores do judiciário tocantinense interessados em aprofundar seus conhecimentos e habilidades práticas na gestão de casos de recuperação judicial. A participação neste programa de capacitação representa uma oportunidade valiosa de desenvolvimento profissional, além de contribuir para a melhoria da qualidade e eficiência do sistema judiciário no tratamento destas questões complexas e vitais para o tecido empresarial do Brasil.

Share.