Leve Saúde alcança 50 mil beneficiários e quer dobrar esse número, além de investir em novas clínicas e um hospital próprio até o fim de 2024 - Expresso Business

Empresa tem a meta de chegar a 100 mil beneficiários, com crescimento mensal de 6 mil novos clientes

A Leve Saúde, healthtech carioca com planos de saúde 25% mais acessíveis, atingiu um total de 50 mil beneficiários nesse mês de março e planeja dobrar o número de clientes até o fim de 2024, com um crescimento de 6 mil clientes por mês até o fim do ano. Com isso, a empresa mais do que dobraria o total de 46 mil clientes registrados ao final de 2023.

Para isso, a empresa, fundada em 2020 e que tem como foco pessoas com mais de 45 anos, tem apostado na ampliação da variedade de produtos e serviços oferecidos. Hoje, a empresa possui planos a partir de R$168 mensais voltados para as classes B e C, mas a ideia é atingir outros públicos e ampliar a sua atuação no Rio de Janeiro.

A empresa também tem apostado em uma estratégia de brand conectada à sua estratégia de negócio. “Estamos no passo da nossa estratégia inicial, construindo e fortalecendo a lembrança da marca Leve Saúde. Queremos agregar valor em todos os nossos pontos de contato, desde o impacto visual até a excelência no atendimento. Mesmo tendo o DNA de uma healthtech, optamos por não focar exclusivamente em um modelo de compras digitais, em que o cliente compra sozinho os produtos. Temos um canal de corretores de suma importância, tanto para impulsionar vendas quanto para estabelecer vínculo de confiança com nossos clientes. No Rio de Janeiro existem mais de 15 mil representantes para colocar os nossos produtos à venda”, avalia o CSMO & Diretor Comercial da operadora, Cláudio Borges.

A expansão no número de beneficiários e de produtos e serviços oferecidos também vem acompanhada de investimentos na estrutura e na rede própria da empresa. A empresa quer terminar 2024 com até 20 clínicas próprias que devem atender mais de 80% dos clientes, além de construir um hospital próprio com cerca de 150 leitos. Com isso, a meta da empresa é alcançar um faturamento de R$600 milhões, o dobro do registrado ao final de 2023. A empresa pretende continuar com o crescimento acelerado para expandir sua atuação para além do Rio de Janeiro em 2025 e alcançar um milhão de beneficiários até 2028.

Ulisses Silva, CEO da Leve Saúde, reforça que todo o crescimento tem acontecido de forma orgânica e que a empresa está conectada à tecnologia e inovação para oferecer produtos mais acessíveis que tenham apelo por parte dos consumidores. “Estabelecemos um modelo de gestão com tecnologia, oferecendo um mix de atendimento digital – com Inteligência Artificial, plataformas digitais, telemedicina e chatbots – e presencial, por meio da nossa rede própria. Também oferecemos a Atenção Primária à Saúde, com foco na prevenção de doenças e a promoção de hábitos saudáveis, o que elimina a necessidade de inúmeras visitas aos consultórios e evita internações. Isso contribui para oferecermos planos mais acessíveis que atingem um público que estava desassistido”, destaca o CEO, ressaltando que, da base atual, cerca de 60% dos beneficiários não vieram de outros planos.

Sobre a Leve Saúde

A Leve Saúde é uma operadora healthtech voltada para pessoas com mais de 45 anos na região metropolitana do Rio de Janeiro que buscam qualidade de vida a preços acessíveis, com opções de planos para pessoas físicas (individual ou familiar) e jurídicas (incluindo MEI). A empresa acredita que Longevidade Mais Saudável é um direito de todos e um objetivo absolutamente realizável. Seu Modelo de Atuação com Digital Health, Atenção Primária à Saúde e Rede Própria promete revolucionar o futuro da saúde carioca. Para mais informações. acesse: https://www.levesaude.com.br

Share.